Notícias

Construção finalizada, obra concluída: e a limpeza?

24/11/2020

Casa nova, ambiente reformado, é uma das melhores sensações. Seja uma obra sendo realizada nos ambientes internos da casa, ou somente na fachada, sempre dá uma sensação de renovação. Mas, para o bem estar ser completo e aproveitar o momento, é necessária uma boa limpeza para eliminar todos os resíduos e sujeira que podem ter ficado nos cômodos ou na área externa.

Os resíduos da reforma podem conter pó de gesso, pó de tijolo e pó de cimento. Quando em contato com a água, esses materiais podem se transformar em uma pasta pegajosa, aumentando a dificuldade da limpeza. Ou seja: faça a faxina seca primeiro. Comece a limpar com água só depois de ter eliminado esses resíduos com uma vassoura ou aspirador de pó. 

E quando os resíduos de cimento e concreto são difíceis de retirar? Para o diretor técnico da Planville, Paulo Sérgio da Silva, os concretos incrustados nas obras exigem muito trabalho para a remoção, e muitos acabam utilizando ácidos agressivos para amolecer estas incrustações, no entanto acabam degradando o substrato. “Para evitar esse esforço e agressão, utilizamos um produto chamado GTR Eco, que além de não deixar sequelas ao substrato, “desmonta” as ligações cimentícias, sem corrosão e logo não imputam grau de risco a quem aplica e nem ao meio ambiente”, enfatiza.

Paulo explica que em obras novas, utiliza o produto GTR Eco na limpeza do substrato antes do chapisco de resíduos de concreto escorridos antes da limpeza mecânica. Já em retrofit de fachadas na remoção de rejuntes antigos e degradados, o produto é aplicado deixando agir por 20 minutos e em seguida é passado o jato fechado de hidro lavadoras. “Com isso removemos cerca de 1mm de camada por aplicação”, salienta. De acordo com o novo rejunte a ser aplicado, rebaixamos o rejuntamento velho. Por exemplo, para o rejunte acrílico precisa-se rebaixar 3mm. “Mecanicamente como é feito, agride as bordas das placas cerâmicas adjacentes, mas desta forma “híbrida” de GTR Eco + Jato de água, não causa nenhum dado”, enfatiza.

O GTR Eco faz parte do portfólio da indústria Nano4you. Como todos os produtos da indústria, é produzido a base de nanotecnologia, 90% biodegradável e ecológico. Segundo Fabiano Polak, diretor cientifico da Nano4you, o GTR age desagregando a argamassa e cimento por camadas, promovendo remoção progressiva, segura e sem impacto ao material. “Pode ser aplicado para remoção de concreto nos equipamentos de construção civil, como concreteiras, betoneiras e outros equipamentos, além de ser recomendado para superfícies delicadas como borrachas, vidros, metas, plásticos, pinturas”, finaliza.

Matéria: http://construtorasonline.com/2020/11/12/construcao-finalizada-obra-concluida-e-a-limpeza/

 

Construção finalizada, obra concluída: e a limpeza?